terça-feira, 2 de outubro de 2012

Deixei de querer entender,passei a sentir.
Tarde de domingo transpira felicidade. desde os tempos de criança adorava sentir a casa repleta cheiro de bolo de chocolate. Hoje repito esse mesmo ritual na minha casa, com a receitinha da vó,
sinto que essas coisas são as que realmente dão sabor â nossa vida e eternizam nossa história.
Obrigado vó Célia, que hoje está no Céu mas teve uma passagem linda na Terra.
Eu, como neto, faço questão oe obrigação de perpetuar isso tudo.
Tomara que o bolo fique bom!
Cuidando de rechear minhas próximas horas com altas doses de serenidade. 
A vida me ensina, diariamente, o simples exercício de viver
Do resto, eu mesmo me encarrego.
Me fez mais feliz esse teu existir.
Deixei de lado algumas velhas e chatas fórmulas pré-fabricadas que me prometiam "aquela pseudo felicidade plastificada".
Optei pela felicidade orgânica, que nasce no interior, brota, cresce e floresce no âmago.
Essa me alimenta, alarga o sorriso e me deixa com o coração leve, além de colorir os meus dias...
O resto? Blahh, o resto é protocolo!
Bacana mesmo é descobrir, diariamente, que é um tesão e um privilégio ser quem realmente somos.
Comemore por ser único e principalmente, vibre por ser você.