domingo, 30 de outubro de 2011

No cinema da minha vida, roda um filme que conta as memórias de um personagem que, até hoje, pode não ter tido uma história tão feliz.
Porém, esse filme me despertou para a importância e a eterna necessidade de ser, para sempre, um garoto aprendiz, cuja brincadeira preferida deve ser montar, incansavelmente, de peça em peça, um colorido final feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário