sábado, 12 de novembro de 2011

Fui surpreendido nessa noite por uma intensa liberdade e percebo que o vazio das ultimas horas me trouxe a rara e deliciosa sensação de quietude e paz.
Respiro por todos os meus poros esse doce privilégio e bebo em goles demorados essa visita inesperada da Alegria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário