quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Entenda que quando exagero na força de um abraço, é porque a minha alma também precisa sentir a sua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário