terça-feira, 2 de outubro de 2012

Vivendo aprendi que cada pessoa é de um jeito e que a vida, sábia como sempre, nos presenteou com a diversidade, fazendo com que aprendamos com as diferenças.
Vivendo também aprendi a não sofrer pelas mazelas do outro, mas estar disponível sempre, sempre ombro, ouvidos, abraço.
Vivendo também aprendi que cada um tem o seu caminho e que a opção de muda-lo é extremamente individual.
Deixei de quere

r mudar ou melhorar as pessoas: essas transformações dependem de cada um.
O que está ao meu alcance é estar por perto, fazendo as minhas atitudes e que meu viver sejam de alguma forma, uma luz, para quem optou, mesmo que muitas vezes inconscientemente, a viver na escuridão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário